Sobre o PJ

  • Cada município do Rio de Janeiro pode ser representado por um parlamentar juvenil.Exceto, a capital do Estado, que contará com três representantes e outros tês municípios com maior número de candidatos inscritos válidos, que terão dois PJ’s. As eleições acontecem nas escolas estaduais, em dois turnos de votação.

  • Antes de assumirem os mandatos, os eleitos passam por capacitações e produzem um projeto de Lei que será apreciado na Semana do Parlamento.

  • Na Semana, os estudantes se reúnem na capital e além de trazer ideias de leis, debatem, vivenciam a Alerj, participam de atividades culturais, aprimoram projetos e podem ver suas leis sendo adotadas por parlamentares e serem sancionadas pelo Governo do Estado.

Como Funciona

  • Cada município do Rio de Janeiro pode ser representado por um parlamentar juvenil.Exceto, a capital do Estado, que contará com três representantes e outros tês municípios com maior número de candidatos inscritos válidos, que terão dois PJ’s. As eleições acontecem nas escolas estaduais, em dois turnos de votação.

  • Os Deputados eleitos aprendem mais sobre sua função em oficinas de capacitação preparadas pela Alerj.

  • Durante uma semana, os parlamentares apresentam, debatem e votam os projetos de sua autoria no plenário da Alerj.
     
    No fim, as escolhidas são encaminhadas à apreciação do Governador, podendo ou não virar Lei.

Quem Pode Participar

  • Alunos do 1º e 2º ano do ensino médio da Rede Pública Estadual do Rio de Janeiro, com idade entre 14 e 17 anos.

  • O aluno que completar 18 anos após a semana do Parlamento Juvenil (24 a 30 de novembro) poderá concorrer.

  • Os eleitores do PJ são alunos do 8º ano em diante.